Abapinho

Depuração telepática

Imagine o seguinte cenário: um utilizador (ou utilizadora) está sentado no escritório dele, a correr uma transacção ou não sei o quê. Tem um problema e chama um programador (ou programadora) para o (ou a) ajudar a entender o que se passa. Normalmente o programador (ou programadora) teria de se deslocar lá, à sala do senhor utilizador (ou senhora utilizadora) e das duas uma: fazer debug no computador dele (ou dela) ou aprender como recriar o problema e depois fazer debug no seu computador.

Uma alternativa muito mais comodista é a seguinte:

Agora é só dizer ao utilizador (ou utilizadora) para desatar a correr o programa lá longe no seu computador. No momento em que, na sessão alheia, for atingido um breakpoint, aparece no ecrã do programador (ou programadora) uma janela de debugger ligada a essa sessão alheia. E já está.

O Abapinho saúda-vos.

Exit mobile version