"
Apoiado por

Aquele sistema RFC está vivo?

Queres invocar uma função RFC noutro sistema mas, porque não és necrófago, só o queres fazer se ele estiver vivo.

Precisas então de uma forma de saber se esse determinado sistema destino RFC está vivo.

Como fazes?

O Charles Santana faz assim:


DATA: rfcdest         TYPE rfcdest,
            ping_status TYPE /sdf/e2e_traffic_light_numeric.

CALL FUNCTION '/SDF/RFC_CHECK'
  EXPORTING
    iv_destination = rfcdest
    iv_ping        = 'X'
    iv_logon       = 'X'
    iv_latency     = 'X'
  IMPORTING
    ev_ping_status = ping_status.
if lv_ping_status <> 1.
* está morto.
endif.

Obrigado Charles.

O Abapinho saúda-vos.

2 comentários a “Aquele sistema RFC está vivo?”

  1. Marta Varino Diz:

    Obrigada por esta partilha. Hoje tive necessidade de usar este MF, mas atenção que os parâmetros de entrada são todos obrigatórios.

  2. Nuno Godinho Diz:

    Olá Marta, obrigado. Actualizei o código para ter todos os parâmetros obrigatórios.

Deixe um comentário


Acerca do Abapinho
O Abapinho é suportado pelo WordPress
Artigos (RSS) e Comentários (RSS).