"
Apoiado por

CONCATENATE LINES OF itbl

Se queres serializar um conjunto de strings que tens guardadas numa tabela interna tens duas formas de o fazer. Uma ranhosa e outra cheia de estilo.

Comecemos por definir os dados:


TYPES: BEGIN OF ty_output,
         field1 TYPE char10,
         field2 TYPE char10,
         field3 TYPE char10,
       END OF ty_output.

DATA: t_output TYPE TABLE OF ty_output.

APPEND INITIAL LINE TO t_output ASSIGNING <output> .
<output>- field1 = 'a1' .
<output>- field2 = 'a2' .
<output>- field3 = 'a3' .
APPEND INITIAL LINE TO t_output ASSIGNING <output> .
<output>- field1 = 'b1' .
<output>- field2 = 'b2' .
<output>- field3 = 'b3' .

Temos agora uma tabela interna com uma estrutura de 3 campos alfa-numéricos preenchida com 2 linhas de dados.

O objectivo: construir uma linha com tudo serializado: a1 a2 a3 b1 b2 b3.

Se fores uma pessoa ranhosa que ouve música foleira, não tem gosto a vestir e gosta de ir jantar ao Macdonalds fazes assim:


LOOP AT t_output ASSIGNING <output>.
  CONCATENATE opcao1
              <output>-field1
              <output>-field2
              <output>-field3
    INTO opcao1 SEPARATED BY space .
ENDLOOP.
CONDENSE opcao1.

Se, pelo contrário, fores uma pessoa sofisticada, que só ouve música daquela muita boa, veste roupa de alta categoria e se recusa a levar à boca comida que não seja molecular de uma ponta à outra então fazes assim:


CONCATENATE LINES OF t_output INTO opcao2 SEPARATED BY space.
CONDENSE opcao2.

Obrigado Leandro Gambim pela dica.

Obrigado Nick Thompson pela foto.

O Abapinho saúda-vos.

Deixe um comentário


Acerca do Abapinho
O Abapinho é suportado pelo WordPress
Artigos (RSS) e Comentários (RSS).