"
Apoiado por

SQL nativo

Por vezes o SQL do ABAP não te permite fazer coisas que conseguirias fazer usando SQL nativo da base de dados. É possível fazê-lo.


* Converte para maiúsculas e acrescenta wildcard 
  TRANSLATE l_name1 TO UPPER CASE.
  CONCATENATE l_name1 '%' INTO l_name1.

* Executa SQL nativo para fazer
* uma pesquisa "case insensitive" pelo nome 
  EXEC sql performing SAVE_ROW.
    SELECT kunnr
           INTO :l_kuune
           FROM kna1
           WHERE kna1.mandt        =    :sy-mandt
           AND   UPPER(kna1.name1) LIKE :l_name1
  ENDEXEC.

Mas atenção pois, ao contrário do SQL do ABAP que é genérico, este SQL terá de ser escrito especificamente para a base de dados existente. Por consequência o código fica menos flexível e mais complexo. Como tal, faz isto só mesmo se não tiveres alternativa.

Foto: Photodesaster via VisualHunt.com / CC BY-NC

O Abapinho saúda-vos.

Deixe um comentário


Acerca do Abapinho
O Abapinho é suportado pelo WordPress
Artigos (RSS) e Comentários (RSS).