"
Apoiado por

Insere sem excepções em tabelas internas com chave única

Quantas vezes na tua vida de consultor tiveste de lidar com dumps que aconteceram em consequência de um programa tentar inserir duas linhas com a mesma chave numa tabela interna definida com UNIQUE KEY?

Chega.

Desde o século XX que nos habituaram a usar o comando APPEND para inserir numa tabela interna. Mas já há algum tempo que a própria SAP o desaconselha e sugere usar INSERT INTO TABLE ao invés.

E fazem bem porque o APPEND acrescenta uma linha no final da tabela e no caso das SORTED TABLE é muito provável que dê asneira. Já o INSERT INTO TABLE, pelo contrário, adapta-se a todo o tipo de tabelas.

Mas o INSERT INTO TABLE tem outra vantagem: não lança excepções. Em vez disso, devolve um erro na SY-SUBRC caso não tenha conseguido inserir. Claro que este erro tem de ser tratado.

Dito isto, eu não tenho nada contra excepções e a minha forma preferida de inserir entradas numa tabela interna, seja ela qual for, é a nova VALUE #() que lança uma excepção caso hajam chaves repetidas. Ainda assim, seria fantástico se adicionassem a opção DISTINCT ao VALUE pois este tornar-se-ia ainda mais útil.

O Abapinho saúda-vos.

Foto: Jo Zimny

2 comentários a “Insere sem excepções em tabelas internas com chave única”

  1. Ruthiel Trevisan Diz:

    Costumo utilizar sempre INSERT VALUE #( … ).
    Para além de todas as vantagens que enumeraste, parece-me claramente mais simples de ler.

  2. Nuno Godinho Diz:

    Também acho.

Deixe um comentário


Acerca do Abapinho
O Abapinho é suportado pelo WordPress
Artigos (RSS) e Comentários (RSS).