Supported by
Supported by Inetum

<!--:pt-->READ TABLE blablabla TRANSPORTING NO FIELDS<!--:-->


Por vezes ao fazer READ TABLE a uma tabela interna queremos apenas verificar se um determinado registo existe, e não nos preocupamos com os dados retornados. Algo tipo:

READ TABLE lt_kna1 INTO wa_kna1 WITH KEY kunnr = l_kunnr.
CHECK SY-SUBRC = 0.

Ora já que a estrutura WA_KNA1 não vai ser necessária de qualquer forma, mais vale não a usar, usando antes a opção TRANSPORTING NO FIELDS:

READ TABLE lt_kna1 TRANSPORTING NO FIELDS WITH KEY kunnr = l_kunnr.
CHECK SY-SUBRC = 0.

O Abapinho saúda-vos.