"
Supported by

Jump The Wall

Turn down the music.
Close the door.
Look around.
Is anyone looking at you?
Are you being watched?
Are there any security cameras?
If not, we can go on.

Focus.

And do the following:

  1. In SE38 open the LSKEYF00 program, search for the JUMP_THE_WALL FORM and insert a breakpoint on the line CHECK SY-SUBRC NE 0;
  2. While still in SE38, open any standard program you want to alter and click on “modify”. The debugger opens up (it pains me to call it by its Portuguese name, “depurador”);
  3. Alter the value of the SY-SUBRC variable to 0 (zero) and then advance with F8. Repeat this step as many times as necessary;
  4. Make all the changes you want to the standard program;
  5. Click on the activate button. The system will stop at the breakpoint and therefore you will have to resume again at step 3.

That’s it. You’ve changed a standard program in a devious and illegal manner and now you will probably have to make a run for it because your username was registered there as the last person who made alterations, and sooner or later they will discover what you have done.

Put on some headphones with this track and catch a plane to here.

Note 1: This only works in the development machine.
Note 2: It doesn’t just work in SE38. It also works with tables, structures, classes, functions, etc.

Thanks to Jose Faria for risking his life to share this tip.

And thanks to K. D. for the photo.

Greetings from Abapinho.

7 comentários a “Jump The Wall”

  1. Custodio Diz:

    Esse truque eu cinhecia em outro form em versoes antigas, mas a SAP o encondeu. Pelo visto nao escondeu muito bem. Obrigado, sera muito util para provar aos clientes que tal coisa so sera possivel com alteracao do standard! :D

    Agora acho melhor voces pedirem asilo na Embaixada do Equador.

  2. Mauricio Cruz Diz:

    Entendi! Você sai de férias e quer mais é ver o circo pegando fogo quando voltar! hahaha.

    Conhecia esse esquema da forma antiga, como o Custódio comentou. Não sabia desse novo meio!

    Abraços Nuno!

  3. Nuno Godinho Diz:

    Lavo daqui as minhas maos :) nem estou em Portugal, nao tenho nada a haver com isso :) eu so’ mostrei a polvora, nao fiz explodir nada :)

  4. Programista ABAP Diz:

    SAP Kung-Fu ! Very helpful article!! Thanks!

  5. Otavio Diz:

    Bom dia.

    Eu gostaria de alterar um programa que não é Standard (programa zteste, que está salvo localmente). Porém, este programa está no ambiente QAS (ambiente que agora está fechado para modificações). Será que tem como alterar um programa (que não é standard) em um ambiente fechado?

    Desde já, muito obrigado.

    Otávio May

  6. Alisson Alves Diz:

    Olá Otávio como você quer modificar um programa em qas ou até mesmo em PRD kk precisará pedir para seu BASIS liberar a modificação pela transação SCC4 dai sim você colocará o break no programa LSKEYF00 e assim parará no ponto para você modificar o seu programa!

  7. Evandro Lopes Diz:

    Sei que o post ja caducou, mas tem outra forma de alterar um programa diretamente em QAS ou PRD sem a necessidade de abrir o ambiente.

    Basta abrir o programa na SE38, ativar o debug e clicar em editar. Depois, inserir um watchpoint em “sy-subrc = 12”.

    Depois, só prosseguir com o debug (F8). Vai ser exibida a tela que diz que não é possível editar até o programa. Só dar o enter e o programa vai cair no watchpoint. Basta ir alterando o sy-subrc pra 0 em todas as vezes que ele parar que, quando sair do debug, o programa estará aberto para edição.

    Só não vai esquecer de, depois de modificar o ambiente, copiar as alterações para o DEV e depois subir a request para todos os ambientes, para “formalizar” o processo.

Deixe um comentário


About Abapinho
Abapinho runs on WordPress
Articles (RSS) e Comments (RSS).