"
Apoiado por

Ó Tempo Volta Para Trás

“Ó tempo volta para trás
Dá-me tudo o que eu perdi
Tem pena e dá-me a vida
A vida que eu já vivi
Ò tempo volta p’ra trás
Mata as minhas esperanças vãs
Vê que até o próprio sol
Volta todas as manhãs” – António Mourão

Ó Tony, é para já. Vou mostrar-te como podes voltar atrás no tempo.

Estás tu muito bem a fazer debug e, sem querer, avanças demais. Querias ter mudado um parâmetro antes de chamar uma função, por exemplo. Mas distraíste-te. Sem o poder de viajar no tempo a única hipótese seria recomeçar o debug do início, o que pode ser doloroso.

Aqui está o cenário trágico. Passaste por cima da função e não alteraste a variável:

Para salvares a situação fazes clique com o botão direito na linha acima para a qual desejas regressar e no menu escolhes “Ir para a instrução”:

Feito isto, depurador regressa ao passado sem refilar:

E tu podes continuar a trabalhar e já não precisas de cantar o fado até ao fim.

Obrigado Sérgio Fraga pela óptima dica.

O Abapinho saúda-vos.

11 comentários a “Ó Tempo Volta Para Trás”

  1. Felipe Tieppo Diz:

    Ótima dica!
    E também podemos “pular” instruções que não desejamos executar.

  2. Jocelio Diz:

    Muito bom!!! Essa eu nem imaginava que existia

  3. Bruno Filipa Diz:

    Excelente dica! Vai poupar muito tempo em debug!

    Obrigado! Abraço! :)

  4. admin Diz:

    Mágica ;)

  5. Maxsuel Maia Diz:

    Tambem pode fazer colocando o cursor do mouse na linha que você quer voltar e apertar Shift + F12.

    Assim também pode voltar no tempo !… kkk

    Abraço galera !

  6. Bruno Esperança Diz:

    As minhas preces foram ouvidas.

    Obrigado.

  7. Gustavo Pessoa Diz:

    Realmente, uma dica muito valiosa! Obrigado!

  8. Programista ABAP Diz:

    Yeah, but unfortunately, It will not change values back. This work like loop not like back step. :-)

  9. Pedro Silva Diz:

    Pessoal, uma duvida, esse comando funciona na versão 5.0? Não tem essa opção no “Botão Direito” e nem com a dica do colega Maxsuel Maia(Shift + F12), Abraço a todos.

  10. Marco Silva Diz:

    Bem, essa instrução é mais perigosa do que outra coisa… Pois em quase todos os casos, a segunda passagem não será feita no mesmo contexto da primeira.

    Faz me lembrar a opção “Miscellaneous –> Load current source code” que te actualisa o código se ele for modificado numa janela em paralello, mas a execução não tem em conta a modificação, logo, não serve de nada e só engana.

    Cumprimentos SAPianos!

  11. Nuno Godinho Diz:

    Por acaso não concordo. Encontro diariamente situações em que me dá jeito voltar atrás para tornar a correr determinado algoritmo. Claro que é importante estar consciente de que, para ter resultados relevantes o contexto não pode mudar. Mas há tantas circunstâncias em que o contexto não muda.

    Além disso também dá jeito para saltar (para o futuro) à frente de condições CHECK ou para dentro de IF que falhariam.

    Nuno

Deixe um comentário


Acerca do Abapinho
O Abapinho é suportado pelo WordPress
Artigos (RSS) e Comentários (RSS).