Patrocinado por
Patrocinado por Inetum

O GUI está disponível?

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
Para verificar se um programa está em background é costume espreitar a variável de sistema SY-BATCH. A SY-BINPT também pode ser usada para verificar se o que está a correr em background é uma sessão de BDC. Normalmente usa-se uma destas duas. Mas há uma pergunta parecida e no entanto diferente. Como fazes para saber se o GUI está disponível? É certo que na maior parte dos casos o resultado é semelhante, mas não o será em todos. É como dizer que de dia há o sol e de noite há a lua. Se o ceu estiver nublado não há nem sol de dia nem lua de noite.

Como evitar <i>timeout</i> ao correr um programa

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
Normalmente os sistemas SAP têm definido um tempo limite para que um programa possa correr interactivamente. Se o programa demorar mais ocorre um erro de execução (vulgo dump ).

Eu te baptizo em nome do ABAP

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
Quando aprendemos ABAP ensinam-nos uma série de regras sobre como dar nomes a variáveis. Ainda que nem todos acabem por dar nomes iguais, ainda assim partilham-se algumas ideias rígidas: As variáveis locais começam por L: L_BUKRS; As variáveis globais começam por G: G_MODE; As tabelas internas têm de ter lá um T_: LT_MARA; As estruturas têm de ter lá um S_: LS_MARA; As referências para objectos começam por R_: R_CUSTOMER; Os parâmetros input devem começar por I, os output por O, os changing por C e os returning por R. E a mais estúpida de todas, os field-symbols devem começar por FS_: &lt;FS_MARA&gt;. No início do século XXI isto até fazia sentido (excepto a dos field-symbols que já na altura era tão estúpida como escrever a palavra &ldquo;lápis&rdquo; em todos os lápis que tivermos). Hoje quase já não. Passo a explicar.

Abapinho Dev Tools: Translator

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
O Nuno Morais desenvolveu uma ferramenta muito útil que auxilia na tradução em massa da maioria dos objectos SAP. A ferramenta não faz tradução automática entre línguas. Antes, permite: Exportar um ficheiro Excel com textos Importar um ficheiro Excel com textos Copiar textos de uma língua para uma ou mais línguas de destino Criar uma ordem de transporte com as alterações Encontrar dependências de objectos a que faltem traduções

Abapinho Dev Tools: Dependencies

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
O Nuno Morais desenvolveu uma ferramenta muito útil que permite comparar objectos entre sistemas e que funciona muito melhor do que a transacção SREPO. O Abapinho passa a ser o seu repositório oficial. Código no GitHub. Em breve, instruções. Até lá vai experimentando, é intuitivo. E se gostares ou tiveres sugestões deixa aqui um comentário. Obrigado Nuno por teres desenvolvido isto e por o partilhares com o mundo no Abapinho.

Atalhos para fazer letras grandes e pequenas

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
Podes nem sequer saber programar mas se souberes datilografar rápido e conheceres muitos atalhos de teclado vais parecer super profissional. No editor escreve a seguinte palavra: chichisbéu Agora experimenta nos seguintes atalhos: CTRL+U: CHICHISBÉU LETRAS GRANDES! MAIÚSCULAS! CTRL+L: chichisbéu letras minúsculas! minúsculas! CTRL+J: Chichisbéu A Primeira Letra De CaDa PaLaVrA É mAiÚsCuLa! CTRL+K: cHICHISBÉU O gRaNdE fIcOu PeQuEnO e ViCe-VeRsA! Obrigado José Vília pela dica. Obrigado Chris pela foto. O Abapinho saúda-vos.

SE16H - Agrega dados sem precisares do Excel

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
No início dos tempos usava-se a transacção SE17 para ver o conteúdo de tabelas. Rapidamente sentiram vergonha e decidiram fazer uma coisa melhorzinha a que chamaram SE16. Depois inventaram a ALV e surgiu a SE16N (e muita gente continuou até hoje a usar a SE16, algo que me ultrapassa). Hoje apresento-vos a SE16H.

CONCATENATE LINES OF itbl

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
Se queres serializar um conjunto de strings que tens guardadas numa tabela interna tens duas formas de o fazer. Uma ranhosa e outra cheia de estilo.

Modificar uma campo em todas as linhas de tabela interna

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
O que vos vou mostrar não é propriamente uma novidade. Até já foi usado antes no Abapinho. Mas como se continua a ver por aí muita gente a fazer LOOPs a tabelas internas para alterar um campo, achei que valia a pena recordar. Tens uma tabela com um milhão e duzentas mil linhas e queres que o campo ICON tenha sempre o valor &lsquo;@FM@&rsquo;. Em vez de fazeres isto: LOOP AT lt_data ASSIGNING &lt;data&gt;.

O READ TABLE vai desaparecer!

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
Pré 7.4: DATA l_idade type i. READ TABLE lt_gente INTO ls_gente WITH KEY nome = l_nome. l_idade = ls_gente-idade. Pós 7.4: data(l_idade) = lt_gente[ nome = l_nome ]-idade. Obrigado Sérgio Fraga pela dica. O Abapinho saúda-vos.

Tanta coisa nova no 7.4 que não sei por onde começar

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
O Abapinho vai lentamente começar a dar dicas específicas para o AS ABAP 7.4. Lentamente porque ainda são poucas as pessoas com acesso a esse sistema. Mas são tantas as novidades que dá vontade de começar a fazê-lo rapidamente. O ABAP era um gajo de meia idade com barriga e todo flácido. Fizeram-lhe uma operação plástica e agora parece ter 20 anos e montes de músculos, capaz de ir sair à noite até às 9 da manhã, beber 7 gins tónicos e a seguir, antes de se ir deitar, fazer 100 burpees só para adormecer melhor.

Breakpoint em mensagem a partir do depurador

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
Já estás a meio de um debug e queres que a execução pare numa determinada mensagem. O que fazer?

Múltiplas selecções OR na SE16N

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
Se tu és daquelas pessoas que ainda usa a SE16, este artigo não é para ti. Se continuares a ler corres o risco de encontrar ainda mais uma razão para finalmente passares a usar a SE16N (como se todas as outras não fossem já suficientes). Imagina que queres seleccionar todos os materiais que tenham “PREGO&quot; no nome e que sejam do tipo FERRAGENS e além disso todos os materiais que tenham “GUARDANAPO&quot; no nome e que sejam do tipo COMIDA. Ou seja, não deverá aparecer o “PREGO_NO_PAO” nem o “GARDANAPO_PAPEL”. O que tu queres é isto (faz de conta): (MATNR = “PREGO%” AND MTART = “FERR” ) OR (MATNR = “GUARDANAPO%” AND MAKT = “COMI” ) Como bem sabes, numa utilização normal (sem recorrer a isto que te vou mostrar) da SE16N terias de a executar duas vezes e cruzar manualmente a informação porque o ecrã de selecção não dá para fazer ORs. Ou dá?

DELETE vs CLEAR vs REFRESH vs FREE

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
DELETE CLEAR REFRESH FREE São várias maneiras de limpar os dados de uma tabela interna. À partida parecem iguais. Mas não são.

CASE dentro de SELECT (brevemente em todos os SAPs)

images/thumbnail.jpg - Thumbnail
Prepara-te porque em breve terás muitas surpresas. É que o ABAP está a aprender troques novos. Repara neste: CONSTANTS: lc_menina TYPE STRING VALUE ‘MENINA&#39;, lc_menino TYPE STRING VALUE ‘MENINO’, lc_senhor TYPE STRING VALUE ’SENHOR’, lc_senhora TYPE STRING VALUE ‘SENHORA’. SELECT nome, CASE WHEN sexo_id = ‘M&#39; AND idade &lt; 18 THEN @lc_menino WHEN sexo_id = ‘F’ AND idade &lt; 18 THEN @lc_menina WHEN sexo_id = ‘M&#39; AND idade &gt;=18 THEN @lc_senhor WHEN sexo_id = ‘F’ AND idade &gt;=18 THEN @lc_senhora END AS titulo FROM zpessoa WHERE pessoa_id = @pessoa_id INTO CORRESPONDING FIELDS OF @lt_pessoas.